domingo, 22 de fevereiro de 2015

Desejo de Sangue Inocente (2002)

 
SINOPSE
Elise, cansada da falta de paixão do marido , decide abandoná-lo para retornar à sua antiga vida de luxúria no porto . De volta a taberna , conhece uma misteriosa loira que a vampiriza.

FICHA TÉCNICA
Título original: Desire of the Innocent Blood
Título traduzido : Desejo de Sangue Inocente
Ano: 2002
Direção: Sami Haavisto
Gênero: Terror / Drama
País: Finlândia
Idioma : finlandês / textos em inglês
Legenda : no anexo

Tradução : Tatuador
Uploader: Tatuador
Duração: 74 minutos
Arquivo : 700 Mb  
IMDb 

SCREENS

DOWNLOAD

SENHA: tatuador

7 comentários:

  1. Diga lá amigo Douglas, Se forem boas serão aceitas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, eu sugiro 2 filmes.
      Um se chama "Los nuevos extraterrestres", que no Brasil se chama "O Retorno do Extraterrestre". É mais um daqueles filmes que foram feitos para ganhar algum na fama do E.T. do Spielberg, só que este não se decide entre ser um filme infantil ou um filme de terror. Foi dirigido pelo mesmo diretor de "SLugs", e que fez o roteiro de "Terro da Serra Elétrica". Nota no IMDb : 2.1 .
      O outro se chama "O Raio Infernal", um eurospy (filme feito na Europa para ganhar algum sobre o sucesso dos filmes do 007). Ele tem toques de ficção científica e tem orçamento baixíssimo. Nota no IMDb : também 2.1 .

      Excluir
    2. Amigo Douglas as sugestões são muito boas. Vou verificar a existência de legendas em português para poder programar as postagens no futuro.

      Excluir
  2. Porque você não disponibiliza uma postagem falando somente sobre legendagem? Poderia ser um texto simples mas que poderia estimular e iniciar as pessoas no trabalho com legendas de filmes.

    ResponderExcluir
  3. Um pequeno tutorial técnico sobre legendagem ? Tipo programas necessários para criar e editar legendas? A idéia é boa mas acho que seria mais interessante colocar a informação fixa na barra direita do blog. Grato pela colaboração.

    ResponderExcluir

Grato pelo comentário !